Contrariando as leis da Física…

Poema ‘Caliente’

“O momento em que estamos juntos é interminável…
Nossos corpos estão tão unidos que posso sentir as batidas do seu coração.
Nossa respiração confunde-se com a do outro…
Nossos movimentos são sincronizados…
Indo e voltando… para frente e para trás…
Às vezes pára, e então, quando nos cansamos da mesma posição, nos esforçamos para mudar, mesmo que seja só por pouco tempo.
O suor de nossos corpos começa a fluir sem nada que possamos fazer.
Um calor enorme parece que nos fará desmaiar…
Uma força ainda maior nos faz ficar ainda mais colados um ao outro e, quando não agüentamos mais segurar…
Uma voz ecoa em nossos ouvidos:

‘Próxima Estação, Estácio. Estação de transferência para a linha 2. Desembarque pelo lado direito.’ “

( Autor desconhecido, usuário do Metrô Rio )

bjs!

4 Respostas to “Contrariando as leis da Física…”

  1. Rebecca Leão Says:

    Muito boa essa.
    Obrigada pela mensagem que você me deixou, oferecendo-se para ir a Delegacia comigo. Você é uma fofa, e aquela mensagem me animou muito. Eu resolvi que não vou à Delegacia, mas vou escrever p/ o Jornal (depois que eu conseguir acabar de fazer meu imposto de renda). Te enviei um SMS. Fica com meu celular. O que você precisar, me liga, viu? Uma beijoca, Rebecca

  2. Letícia Says:

    Muito bom, Lady!
    Next stooooop, Estácio station!
    Hahaha!

  3. Luciana Says:

    Sensacional!

  4. carol Says:

    raáááááá!!!!!!!!!!!

    meleca de metrô cheio duzinfernu…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: