Mais uma de Almodóvar.


“As duas vizinhas pegaram os dois homens pelo braço e foram em direção da Rua Valverde. Chegaram a um inferninho, de onde Mara, Katy, Diana e Lupe estavam saindo com vários homens.
Dois empregados da limpeza pública regavam a rua.
Feito uma menininha, Mara aproximou-se do jorro da mangueira, levantou o vestido, abriu as pernas e, entre gritos de gozo, preparou-se para receber o forte jorro de água na xoxota.
O homem da mangueira gostou da brincadeira e fazia movimentos como se estivesse fodendo a moça com aquele jorro descomunal.
As outras ficaram com inveja e imediatamente se juntaram a Mara.
O empregado municipal colaborava do jeito que podia, regando umas e outras em suas bocetinhas palpitantes.
Era uma cena bonita e estimulante.
Aquele homem, com toda certeza, não falaria de outra coisa ao longo dos dias seguintes.”

(“Fogo nas Entranhas”, Pedro Almodóvar )

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: