Arquivo para janeiro, 2009

E o "Bem Dotado" vai para…

Posted in Fatos e Fodas on 26/01/2009 by Lady Shady

Domingo, 23:00h, em casa na companhia de minha gata magrela e um chileno barato, na falta de coisa melhor e após certa relutância, resolvi assistir à entrega do “Screen Actors Guild Awards 2009” na TNT ( concedido pelo Sindicato dos Atores – SAG ).

Há muito que não acompanho mais esse tipo de evento, como “Oscar”, “Golden Globe” e tal.

Não por achar que a premiação seja baseada em politicagem, modismo, esse papo; nem por considerar insuportáááável a tradução simultânea e os comentários frívolos e afetados de Rubens Bichinha Ewald Filho.
Não vejo, porque toda aquela gente linda, magra, rica e bem sucedida na carreira artística, francamente danifica a minha auto-estima.
Feio isso, eu sei, mas é.

Pois bem, desta vez coloquei meus sentimentos “baixos” de lado e conectei no canal.

Mesmo com todo aquele desfile exuberante de atores e atrizes belíssimos, sexies e bem vestidos ( alguns, nem tanto ), o que mais chamou minha atenção ( na verdade roubou toda a minha atenção ) foi o troféu da premiação e suas versões tamanho gigante espalhadas pelo local da festa.

Ao contrário de seu assexuado “Tio Oscar”, a estatueta possuía uma considerável protuberância entre as pernas torneadíssimas, uma barriguinha sarada e um traseiro de dar inveja à Jennifer Lopez ( uma bundinha a la Batman de J. Schumacher ).

Passei o programa inteiro obcecada por aquela imagem, rindo sozinha cada vez que uma estrela subia ao palco e, tomada pela emoção da vitória, fazia seu discurso apalpando nervosamente aquele “Tóten da Virilidade”.
Obsceno!

Quando já começava a me criticar, achando-me patética e totalmente pervertida, pensando que eu deveria ser realmente uma criatura muito doente e lasciva para ficar observando esse tipo de coisa, qual não foi meu deleite ao ver o magnífico Sean Penn recebendo o prêmio de Melhor Ator de Cinema, pelo longa “Milk” ( onde interpreta Harvey Milk, o primeiro homossexual assumido a ocupar um cargo público nos USA na década de 70 ) fazer piada e dizer ao microfone algo do tipo:

“Obrigado, caros colegas. Esse filme deve ter mesmo me modificado em alguns aspectos pois de lá pra cá tenho reparado em coisas do tipo: como essas estátuas são tão ( pausa ) ‘saudáveis’, não?!”

Hahaha!
Sean Penn me redimiu!

Bravo! Bravo!

"Girls rule my world"

Posted in Sex News on 25/01/2009 by Lady Shady

Em Dez.2008, após estréia do filme Vicky Cristina Barcelona, de Woody Allen ( por quem nutro severa antipatia, apesar de reconhecer seu talento e admitir que Vicky Cristina é uma obra-prima ) a Revista Vip publicou uma matéria sobre lesbianismo no cinema.
Elegeu as 20 melhoras cenas lésbicas da tela grande.
É claro que esse povo que se acha ‘cabeça’ deixou de fora uma série de filmes pornôs que seriam representativos, além de outros títulos que pessoalmente consideraria fazerem parte do Top Ten do gênero, entre eles “Aimée & Jaguar”, do alemão Max Färberböck, e “Henry & June”, de Philip Kaufman ( ilustrações acima ).
De qualquer forma achei divertido relembrar as cenas, já que tive o prazer de assistir a todas as mencionadas na listagem ( recomendo que façam o mesmo pois, até para os mais moralistas, não se pode negar, duas mulheres se pegando sempre encabeçou a lista de fantasias eróticas da humanidade ).

A matéria também cita os dois primeiros beijos lésbicos do cinema convencional:
“Marrocos”, 1930 ( com Marlene Dietrich )
“Mädchen in Uniform”, 1931.

Além disso comenta “Rainha Christina” ( 1933 ), com Greta Garbo, que também assisti e trata a questão da homossexualidade feminina de forma beeeeeeeem mais velada.

Aí vai o Top Ten da Vip ( me digam o que acham ):

1. “Garotas Selvagens” – “Wild Things”, 1998.
2. “American Pie 2”, 2001.
3. “Femme Fatale”, 2002.
4. “Aos treze”- “Thirteen”, 2003.
5. “Segundas Intenções” – “Cruel Intentions”, 1999.
6. “Cidade dos Sonhos” – “Mulholland Drive”, 2001.
7. “Show de vizinha” – “The Girl next door”, 2004.
8. “Elektra”, 2005.
9. “Instinto Selvagem” – “Basic Instinct”, 1992.
10. “Lua de Fel” – “Bitter Moon”, 1992.

Entre as 20 melhores cenas aparecem também:

“Procura-se Amy” (“Chasing Amy”, 1997 ), “Dália Negra” ( “The Black Dalia”, 2006 ), “Fogo Sagrado” ( “Holy Smoke”, 1999 ), “Fome de Viver” ( “The Hunger”, 1993 ), “Três Vidas e um Destino” ( “Head in the Clouds”, 2004 ), “Frida”( 2002 ), “Lúcia e o Sexo” ( “Lucía y el Sexo”, 2001 ), entre outras.
Para deleite de meus caros e voluptuosos leitores deixo a seguir algumas que mais me agradam.
Contudo, as partes disponíveis no You Tube não fazem jus ao conteúdo das obras.

Mais uma de Almodóvar.

Posted in Prazer de Ler on 24/01/2009 by Lady Shady


“As duas vizinhas pegaram os dois homens pelo braço e foram em direção da Rua Valverde. Chegaram a um inferninho, de onde Mara, Katy, Diana e Lupe estavam saindo com vários homens.
Dois empregados da limpeza pública regavam a rua.
Feito uma menininha, Mara aproximou-se do jorro da mangueira, levantou o vestido, abriu as pernas e, entre gritos de gozo, preparou-se para receber o forte jorro de água na xoxota.
O homem da mangueira gostou da brincadeira e fazia movimentos como se estivesse fodendo a moça com aquele jorro descomunal.
As outras ficaram com inveja e imediatamente se juntaram a Mara.
O empregado municipal colaborava do jeito que podia, regando umas e outras em suas bocetinhas palpitantes.
Era uma cena bonita e estimulante.
Aquele homem, com toda certeza, não falaria de outra coisa ao longo dos dias seguintes.”

(“Fogo nas Entranhas”, Pedro Almodóvar )

"Let’s get it on"

Posted in Move your body on 22/01/2009 by Lady Shady

Fiquei super honrada hoje ao ver que uma cara leitora desse meu blog safado me fez uma homenagem.
Postou no blog dela um videozinho hiper divertido que tem tudo a ver com meu assunto predileto.

Para ver do que se trata deixo o endereço: http://rebeccaleao.blogspot.com/2009/01/homenagem-lady-shady.html

Aproveitem a oportunidade e passeiem pela página dela, que é ótima!!!
Valeu Rebecca!

Também em homenagem ao conteúdo do vídeo mencionado, ofereço abaixo uma música que adoro!

E viva o sexo seguro!

God saves the Black Power

Posted in Sex News on 21/01/2009 by Lady Shady

E o novo Rei, Barack Hot Obama enfim ocupa o Trono do Mundo!

Assim como seus súditos e o resto do Planeta Terra, eu fiquei feliz, até porque adoooooooooooro um negão francamente; e já ninguém mais aguentava ficar olhando pra cara daquela criatura obviamente impotente do Bush.
Outros ‘Kings’ abençoaram a posse ‘from Paradise’, como o saudoso Martin Luther King e B.B.King também, imagino.

O líder de direitos civis M.L.King, em 1963, cinco anos antes de ser assassinado, reuniu 250 mil pessoas em Washington, onde fez seu mais famoso discurso: “I have a dream” ( aliás um dos textos mais bonitos que tive o prazer de ler ) que falava sobre seu sonho de que um dia seus filhos iriam viver em um país onde não seriam julgados pela cor de sua pele, mas sim pelo conteúdo de seu caráter.
Para muitos a vitória de Obama representa a realização do sonho de King.
Esperamos que Mr. Obama faça jus à reputação de sua linda e fogosa raça, porque realmente só um cara com uma ‘mega pica’ é capaz de fazer bonito no meio da bagunça que o debilóide assexuado de seu antecessor deixou.

Dá-lhe Obamão!
“God saves the King!”

"Um copo d’água e um boquete…"

Posted in Videosexteca on 20/01/2009 by Lady Shady

Fui apresentada a esse vídeo onde Chico Anysio “encarna” uma puta velha no programa do Jô Soares.

Muito, muito bom, engraçado e inteligente!

Adorei a personagem, generosa e meiga senhora, que diz que “um copo d’água e um boquete não se nega a ninguém” !

Desfrutem:

Sem foda…Tá foda!

Posted in Piadas Safadas on 19/01/2009 by Lady Shady

Segunda-feira, véspera de feriado carioca, fingindo que trabalho, invadida pelo tédio absoluto e tomada por um mau-humor maior que pica de cavalo ( nisso é que dá não dar…), deixo aqui duas piadinhas bem ‘bobitas’ que recebi por email hoje.
Foi a única coisa até o momento capaz de me fazer quaaaaase sorrir.

“Como as enzimas se reproduzem?
Fica uma enzima da outra.”

“O que o espermatozóide falou para o óvulo?
Deixa eu morar com você porque a minha casa é um saco.”